ACESSAR O MATERIAL TAGS

Autor(a):

Pinto, Sandra Regina Marcelino

Orientador(a):

Ceschin, Osvaldo Humberto Leonardi

Ano de publicação:

2011

Unidade USP:

Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas [FFLCH]

Assuntos:

música popular (crítica e interpretação)

Palavras-chave do autor:

interpretação de texto;música popular brasileira;Noel Rosa

Resumo:

Esta dissertação trata de analisar, em vinte e uma canções de Noel Rosa, os seguintes traços que se encontram nas obras do autor: estilo autobiográfico, o feminino, o seu Rio de Janeiro, a sátira social, a filosofia na letra do samba, o humor e a crônica. Trata-se de um estudo de interpretação de músicas, que busca oferecer subsídios para conhecimento do valor temático encontrado nas canções de Noel Rosa e os acontecimentos das décadas de 1920 e 1930, os quais apresentavam ligações com as composições do sambista. A análise é feita classificando as canções por meio dos temas identificados nas músicas, sendo escolhidas três canções para cada grupo temático. Original em suas criações e destaque para sua época, o músico Noel Rosa marca seu discurso na composição popular atento aos fatores sociais, cotidianos e destaca o samba pela geografia do Rio de Janeiro, com humor e em muitos momentos de forma filosófica, este também menciona muitas vezes fatos de sua vida em seus sambas. Referência para sua época, Noel marca seu período histórico como o maior compositor do Brasil, chegando a marca de compor 259 sambas em apenas sete anos, o que lhe confere, conforme Máximo & Didier (1990) e outros pesquisadores o título de maior compositor brasileiro.

ABNT:

PINTO, Sandra Regina Marcelino; CESCHIN, Osvaldo Humberto Leonardi. Na roda de samba eu sou bacharel: análise de 21 canções de Noel Rosa. 2011.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8142/tde-20032013-094031/ >.