ACESSAR O MATERIAL TAGS

Autor(a):

Lago, Luciana Corrêa do

Orientador(a):

Taschner, Suzana Pasternak

Ano de publicação:

1998

Assuntos:

planejamento territorial urbano; sociologia urbana; urbanização (aspectos sociais); classes sociais

Resumo:

A tese avalia em que medida as mudanças econômicas e sociais ocorridas no país, nos anos 80, alteraram o padrão de desigualdades socioespaciais sedimentado nas metrópoles brasileiras ao longo do período desenvolvimentista. O modelo binário núcleo-periferia, consolidado na literatura como expressão e explicação da dinâmica de organização interna do espaço metropolitano, é questionado diante da difusão, tanto em áreas centrais quanto periféricas, do processo de favelização e de novas formas de segregação espacial baseadas na exclusividade residencial e comercial. Para desenvolver tal abordagem, é analisada, através de informações estatísticas referentes às décadas de 70 e 80, a relação entre o padrão de mobilidade espacial intrametropolitana e o de segregação urbana na metrópole do Rio de Janeiro, à luz das transformações econômicas mais gerais e da dinâmica imobiliária.

ABNT:

LAGO, L. C. do, & TASCHNER, S. P. (1998). Estruturação urbana e mobilidade espacial: uma análise das desigualdades socioespaciais na metrópole do Rio de Janeiro. Universidade de São Paulo, São Paulo.