ACESSAR O MATERIAL TAGS

Violência Urbana

Autor(a):

Hess Rondani, Marília Miryám

Orientador(a):

Bermann, Célio

Ano de publicação:

2002

Assuntos:

política energética; transportes; impactos ambientais (etnologia); antropologia; ética

Resumo:

CAPÍTULO 1. Apresenta a rede epistemológica e, a base teórica de nossas argumentações. Os parâmetros pesquisados são explicitados e correspondem aos parâmetros assumidos pela Hipótese GAIA. Os objetivos são expostos. A metodologia escolhida para esta dissertação é demonstrada e, encontra-se ligada à Escola de Frankfurt. CAPÍTULO 2. Apresentação da área de estudo, a RMSP, em termos de sua evolução histórica e urbanística; bem como das desigualdades sociais no usufruto do espaço público e dos modos de transporte. Detalhamento dos planos de transporte para a área em estudo durante os últimos 150 anos. Panorama geral dos transportes públicos, com destaque para o Ferroanel da Cidade de São Paulo e sua evolução enquanto concepção teórica, ao lado da erradicação dos ramais ferroviários no Brasil; a evolução dos bondes; o Plano de Avenidas; a evolução dos trolebus; e, a criação da CMTC. CAPÍTULO 3. A evolução da Macrometrópole de São Paulo ao longo de cinco séculos, com a apresentação de parâmetros de tráfego e dados da área de transporte. A transformação das antigas rotas abertas pelos bandeirantes até chegar nos modernos sistemas de eixos rodoviários dos "sistemas integrados". Os quinhentos anos da invasão lusitana, o devassamento e apossamento territorial; e, o genocídio físico e cultural dos povos indígenas, alguns dos quais viviam em contexto cultural riquíssimo. O apartheid e o racismo assimilacionista no Brasil. A discussão da noção e do princípio de "desenvolvimento".

ABNT:

HESS RONDANI, Marília Miryám; BERMANN, Célio. Energia-Transporte-Direito-Etnias na perspectiva da Hipótese GAIA: Estudo de Caso para a Região Metropolitana de São Paulo. 2002.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2002.