ACESSAR O MATERIAL TAGS

Baixa Renda

Autor(a):

Polucha, Ricardo Serraglio

Orientador(a):

Maricato, Ermínia

Ano de publicação:

2010

Unidade USP:

Faculdade de Arquitetura e Urbanismo [FAU]

Assuntos:

urbanização; planejamento territorial urbano; mercado imobiliário

Palavras-chave do autor:

Curitiba(PR);ecoville;mercado imobiliário;planejamento territorial urbano;urbanização

Resumo:

O objetivo desta dissertação é avançar o conhecimento sobre como são produzidas as desigualdades sócio-espaciais em Curitiba. Argumenta-se que essas desigualdades são resultado da forma como ocorre a valorização da terra e sua apropriação pelas diferentes camadas sociais, e que em Curitiba esses arranjos são articulados em torno da prática do planejamento urbano. Para aprofundar essa discussão foi escolhido como objeto de estudo o caso específico do Ecoville. Originalmente concebida na década de 1970 sob a denominação de Conectora 5, essa área deveria ser uma nova frente de expansão urbana que evitaria a ocupação de áreas impróprias na cidade. Contudo sua implantação ocorreu de maneira totalmente oposta, produzindo uma área com baixa densidade populacional voltada para camadas de alta renda. O estudo do Ecoville contribui para a compreensão das desigualdades espaciais em Curitiba porque evidencia as contradições que são produzidas em torno da valorização da terra, e qual o papel da prática do planejamento urbano nesse processo.

ABNT:

POLUCHA, Ricardo Serraglio; MARICATO, Ermínia. Ecoville: construindo uma cidade para poucos 2010.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/16/16137/tde-16062010-120955/?&lang=pt-br >.