ACESSAR O MATERIAL TAGS

Baixa Renda

Autor(a):

Garcia, Marcos Roberto Vieira

Orientador(a):

Lehman, Yvette Piha

Ano de publicação:

2007

Unidade USP:

Instituto de Psicologia [IP]

Assuntos:

identidade sexual; identidade de gênero; gêneros (grupos sociais); corpo humano; trabalho; violência

Palavras-chave do autor:

corpo humano;gênero;identidade sexual;trabalho;violência

Resumo:

O presente estudo se iniciou a partir de uma intervenção de cerca de quatro anos, na área da promoção de saúde, voltada a um grupo de travestis de baixa renda, que realizava encontros em uma instituição pública na região central de São Paulo. O método de pesquisa utilizado foi o da observação participante ativa, priorizando-se o caráter interativo e dialógico na obtenção dos dados. Buscou-se investigar a constituição da identidade social entre as referidas travestis, pela descrição e análise de quatro eixos fundamentais para o entendimento de seu universo - gênero, corpo, trabalho e violência - na perspectiva de transcender o privilégio dado à categoria gênero nos estudos existentes sobre travestis. Procurou-se submeter cada um destes eixos a uma análise social ampliada e referida à realidade brasileira. A partir de uma abordagem critica à categoria "identidade", foi proposto o entendimento desta, em relação ao grupo estudado, como uma "colcha de retalhos" ("patchwork"), formada a partir da assimilação de fragmentos de diferentes identidade sociais presentes em nossa sociedade. Considerou-se que as principais identidades incorporadas pelas travestis estudadas foram as da "mulher submissa", da "puta" e da "mulher super-sedutora", no campo da feminilidade e as do "viado", do "malandro" e do "bandido", no campo da masculinidade. A "identidade travesti" resultante mostrou não apenas a ambigüidade masculino/feminina, mas também contradições e tensões entre as próprias identidades femininas - e masculinas - incorporadas.

ABNT:

GARCIA, Marcos Roberto Vieira; LEHMAN, Yvette Piha. Dragões: gênero, corpo, trabalho e violência na formação da identidade entre travestis de baixa renda 2007.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2007. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47134/tde-04032010-115652/ >.