ACESSAR O MATERIAL TAGS

Perinstituto De Física [If]Eria

Autor(a):

Azevedo Neto, Raymundo Soares de

Ano de publicação:

1992

Unidade USP:

Faculdade de Medicina [FM]

Assuntos:

epidemiologia (estatísticas e dados numéricos); vacinas; modelos matemáticos; programas de vacinação (tendências)

Resumo:

Este estudo mostra a contribuição dos modelos matemáticos na introdução da vacina contra a rubéola no estado de São Paulo. O aprofundamento da análise foi realizado, apontando para possíveis falhas no futuro, usando-se dados de notificação e estudos soroepidemiológicos. Um estudo quantitativo da concentração de anticorpos IgG, específicos contra os vírus do sarampo e da rubéola, foi feito em amostra representativa de população da periferia da cidade de São Paulo. Um total de 549 amostras de soro foram analisadas por método imunoenzimático. A análise estatística e matemática dos resultados sugere que o decaimento dos anticorpos com a idade pode ter um papel decisivo na manutenção dos vírus nesta comunidade, sendo necessária a revacinação até a eliminação completa dos vírus.

ABNT:

AZEVEDO NETO, Raymundo Soares de. Contribuição da modelagem matemática à proposição e avaliação de estratégias de controle de doenças imunopreveníveis: estudo da rubéola e do sarampo a partir de dados de notificação e levantamentos soroepidemiológicos no Estado de São Paulo, Brasil. 1992.Universidade de São Paulo, São Paulo, 1992.