ACESSAR O MATERIAL TAGS

São Remo

Autor(a):

Stucchi, Mariana Peres

Orientador(a):

Schmidt, Maria Luisa Sandoval

Ano de publicação:

2009

Unidade USP:

Instituto de Psicologia [IP]

Assuntos:

mulheres; mães; áreas de pobreza; lazer; trabalho; atividades cotidianas; recreação

Palavras-chave do autor:

Áreas de pobreza;Brincar (Winnicott);Cotidiano;Lazer;Mães;Mulheres;Trabalho

Resumo:

Este trabalho nasceu do contato com mães de comunidade pobre, que precisam dar conta de jornadas triplas de trabalho: casa, filhos, trabalho; quando não quíntuplas pensando que precisam cuidar de ser esposa e mulher também. A questão é como essas mulheres conseguem renovar suas energias para a luta diária pela vida? Será que há condições de só viver de trabalho, de exigências externas, de responsabilidades? Assim encaminhou-se a discussão sobre o lazer e o trabalho, pensando-os como instâncias importantes para a condição humana, para a expressão e manutenção de si. A proposta é apresentar uma visão crítica sobre o papel do lazer e do trabalho no cotidiano das pessoas no início do século XXI, a partir da linha de Frederic Munné, de que a sociedade desta época está sob uma intensa influência da propaganda e do lucro e de que o tempo não deve ser dividido entre trabalho e lazer. Cristophe Dejours traz uma possibilidade nova de interpretação sobre o conceito de saúde: por mais controlados que os desejos estejam pela mídia e propaganda, as pessoas têm necessidades básicas de buscar seus interesses. E esta busca é fundamental para manutenção do desejo pela vida. O que se faz na diversificação de atividades. Este ponto se aproxima do pensamento de Donald Winnicott, que vê a possibilidade de se colocar no mundo, ou seja, a capacidade de viver de forma saudável, a partir do brincar e da relação mãe/bebê. Esta pesquisa tem o objetivo de conhecer as formas de vida de.

ABNT:

STUCCHI, Mariana Peres; SCHMIDT, Maria Luisa Sandoval. Artes de viver em mulheres de camadas populares: o cotidiano de mães da comunidade São Remo. 2009.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47131/tde-15122009-121045/ >.