ACESSAR O MATERIAL TAGS

Perinstituto De Física [If]Eria

Autor(a):

Medeiros, Rosangela de Araujo

Orientador(a):

Kenski, Vani Moreira

Ano de publicação:

2008

Unidade USP:

Faculdade de Educação [FE]

Assuntos:

internet; adolescentes; jovens; narcisismo; socialização; computador no ensino; ensino público

Palavras-chave do autor:

adolescentes;fascínio;internet;modernidade líquida;narcisismo;Orkut;sociedade do espetáculo

Resumo:

Esta pesquisa tem o objetivo de abordar uma questão específica da subjetividade na época hipermoderna: a relação de fascínio de um grupo de adolescentes com o site de relacionamentos online Orkut, tendo como pano de fundo a contemporaneidade e os valores da cultura narcísica e da cultura do espetáculo que a sustentam. Para tanto, discorre sobre três aspectos que se inter-relacionam: o contexto da hipermodernidade líquida e digital; as peculiaridades do Orkut e as características psíquicas dos adolescentes. A conjunção desses fatores explica o fascínio, de ordem subjetiva, como uma construção social. Essa análise tem um viés psicossocial, respaldado em autores tais como Zygmunt Bauman, Gilles Lipovetsky, Christopher Lasch e Guy Debord, que interseccionam idéias do campo da Sociologia com conceitos da Psicanálise. Esse quadro teórico desenhou-se a partir de um estudo realizado em duas etapas: a primeira de cunho quantitativo, envolveu 473 adolescentes e pré-adolescentes de uma escola da periferia de São Paulo, com vistas a identificar os usos do computador e da Internet. Nessa amostra, constatou-se que 72 % dos participantes não tinham computador em suas residências, entretanto esta carência não representou impedimento no acesso ao uso, porque 87% utilizavam a máquina em diferentes espaços. Contudo, a escola foi a menos citada e o Orkut um dos usos recorrentes. Para investigar, então, o uso desse site, realizou-se entrevistas semi-estruturadas, com um grupo de 10 adolescentes participantes da primeira etapa. A análise das entrevistas permitiu caracterizar o Orkut como um palco no qual podem ser pseudo-realizados os ideais da sociedade narcísica. Por isso é fascinante, captura o desejo do sujeito. É um espaço virtual em que o adolescente pode 'sair' momentaneamente de um estado de insatisfação, conflito e ruptura, para um lugar onde pode estar, ter e (a)parecer. Dessa forma, a idealização costura a relação de fascínio pelo Orkut, atrelada às possibilidades de socialização. Verificou-se que os adolescentes buscam responder aos apelos dessa hipermodernidade, mas não deixam de ter prazer em suas atividades corriqueiras do mundo jovem. Culto à aparência, ao hedonismo, à glamourização da auto-imagem, reconhecimento social, fama, popularidade, amizade, vício são temas discutidos neste trabalho e coexistem no Orkut com o interesse de comunicação, reafirmando que, mesmo incentivado o hiper-individualismo e a criação de narcisos digitais, somos seres sociais.

ABNT:

MEDEIROS, Rosangela de Araujo; KENSKI, Vani Moreira. A relação de fascínio de um grupo de adolescentes pelo Orkut: um retrato da modernidade líquida. 2008.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2008. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-18062008-150730/ >.