ACESSAR O MATERIAL TAGS

Autor(a):

Guimarães, Margaret de Oliveira

Orientador(a):

Baccega, Maria Aparecida

Ano de publicação:

2006

Unidade USP:

Escola de Comunicações e Artes [ECA]

Assuntos:

indústria cultural; recepção; sociologia do cotidiano

Palavras-chave do autor:

comunicação, mediação, cultura, cotidiano, discurso,;identidade, recepção, sentido, estudos culturais

Resumo:

Os estudos de recepção, na América Latina, dão-se no início dos anos 80, no interior de um movimento que procurava fazer uma reflexão sobre a comunicação e a cultura de massa. Assim, é dentro da temática das culturas populares que uma teoria complexa da recepção, entendida como espaço de produção de sentido, começa a ser desenvolvida, passando a ser tema de muitas pesquisas acadêmicas, cujos eixos se deslocam dos meios para as mediações. O presente trabalho, seguindo as tendências das recentes investigações, propõe, assim, por um lado, analisar a forma como a comunicação, constituindo-se como prática social e como processo, participa da construção da identidade; por outro, comprovar, a partir de dados levantados em pesquisas empíricas, a tese de que a cultura e o cotidiano constituem-se como instâncias de mediações em que se produz o sentido. As mediações decorrem tanto de um complexo processo de trocas de capital cultural como do espaço da cotidianidade, assim, nas práticas cotidianas - em que se reflete o capital cultural do sujeito - encontramos verdadeiras táticas de consumo a partir das quais o sujeito-receptor resiste ao discurso hegemônico, colocando em funcionamento todos os seus sentidos, suas habilidades e sua ideologia. Este trabalho, colocando-se na perspectiva da enunciação, por um lado, atualiza o paradigma fundado pelos estudos culturais ingleses, ao comprovar, a partir das pesquisas empíricas, a consciência crítica das classes trabalhadoras; por outro, revela a mídia como instrumento que modela comportamentos e modelos, viabilizando a integração das mais diferentes camadas sociais.

ABNT:

GUIMARÃES, Margaret de Oliveira; BACCEGA, Maria Aparecida. O cotidiano e a cultura: mediações em que se tece o sentido. 2006.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2006.