ACESSAR O MATERIAL TAGS

Autor(a):

Soares, Cláudia Cruz

Orientador(a):

Sandeville Junior, Euler

Ano de publicação:

2010

Unidade USP:

Faculdade de Arquitetura e Urbanismo [FAU]

Assuntos:

paisagem urbana; educação; espaço urbano; ação social

Palavras-chave do autor:

apropriação do espaço;educação;Heliópolis (SP);paisagem;práticas educativas

Resumo:

Essa dissertação estuda por meio dos processos colaborativos, as práticas educativas que transformam a paisagem do bairro de Heliópolis SP. Neste trabalho a paisagem é estudada por meio de um conjunto de práticas sociais que agregam pessoas e grupos, a fim de melhorar a qualidade de vida do lugar. No conjunto de procedimentos metodológicos, na construção da pesquisa, para estudar a Paisagem de Heliópolis, a vivência foi o alicerce inicial, pois buscamos conhecer o lugar, por meio da memória dos moradores e pela nossa participação nas atividades comunitárias. O respeito, a valorização das histórias vividas, as formas de participação, a construção coletiva com os atores, os referenciais teóricos e os procedimentos metodológicos, foram conclusivos para percebermos os modos de agir, os valores, percepções e práticas que os moradores trazem consigo mediante a sua experiência. Buscamos na educação, contribuições para embasar a interpretação da paisagem no trabalho de campo, pois as organizações comunitárias em Heliópolis estão presentes e atuam de forma relevante na construção de um bairro que educa. A educação passa a ser reconhecida pelas lideranças, como uma necessidade para a construção de uma paisagem diferenciada. Compreendemos que as praticas educativas tem uma relação direta com paisagem e que não deve ser somente utilizada para socialização de conhecimentos, mas sim uma forma colaborativa para a construção do mesmo.

ABNT:

SOARES, Cláudia Cruz; SANDEVILLE JUNIOR, Euler. Heliópolis: práticas educativas na paisagem. 2010.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/16/16135/tde-01062010-104827/ >.