ACESSAR O MATERIAL TAGS

Projeto Social

Autor(a):

Moreno, Rosangela da Silva

Orientador(a):

Gomes, Jerusa Vieira

Ano de publicação:

1999

Unidade USP:

Faculdade de Educação [FE]

Assuntos:

sociologia; crianca (sociologia)

Resumo:

Este trabalho investigou a socialização de crianças e jovens em situação de risco, a partir das experiências vividas em programa alternativo de atendimento que privilegiou, em sua atuação, uma abordagem integratica pautada no tripé: família substituta, educação formal e retorno à família de origem. Esta abordagem propiciou a (re)construção de identidades aceitas socialmente, em contraposição às "identidades desacreditadas" inerentes ao estigma que estas crianças e jovens reproduziam por pertencerem a grupos familiares situados abaixo do nível de pobreza. A partir da reconstituição e análise de 10 histórias de vida de jovens do Projeto Santa Clara forma levantadas categorias inerentes à constituição de identidade social que permitiram esboçar um perfil de socialização, apresentando semelhanças e dessemelhanças características deste processo. O referencial teórico e metodológico pautou-se em autores que privilegiaram a construção social do homem, (Bergere Luckman), a mediação realizada pela família (Gomes, Mello), a importância do capital cultural herdadado (Bourdieu) e o estigma (Goffman). Os resultados apontaram para a relevância que assumem as relações pessoais e sociais com os outros na puberdade, na qual comportamentos e atitudes puderam se modificar, quando submetidas ao impacto de medidas socializadoras, adotadas pelo Santa Clara no processo de conduzir jovens em risco ao redimensionamento de seu papel na sociedade.

ABNT:

MORENO, Rosangela da Silva; GOMES, Jerusa Vieira. A socialização de crianças e jovens em situação de risco. 1999.Universidade de São Paulo, São Paulo, 1999.