ACESSAR O MATERIAL TAGS

Pobreza Urbana, Segregação Urbana

Autor(a):

Chagas, Cassiele Arantes de Moraes

Orientador(a):

Moreira, Antonio Claudio Moreira Lima e

Ano de publicação:

2007

Unidade USP:

Faculdade de Arquitetura e Urbanismo [FAU]

Assuntos:

segregação urbana; pobreza

Palavras-chave do autor:

periferização;pobreza urbana;reestruturação produtiva;segregação

Resumo:

A pesquisa busca mostrar, de forma geral, as causas do processo de periferização nos municípios do entorno da metrópole paulista, e como se dá a concentração da pobreza, que afeta o desenvolvimento local e da sociedade como um todo. Nesse contexto, a questão das desigualdades sócio - espaciais e da segregação social urbana serão muito discutidas, assim como os efeitos da exclusão social na formação do indivíduo, inserido na realidade das periferias empobrecidas. Acredita-se que lugares socialmente degradados e ambientalmente problemáticos, sem amparo de políticas públicas específicas, são reprodutores dessas mesmas condições, e que este fato já não é mais suportado pelas cidades, pois não permite seu desenvolvimento econômico e social, tampouco o compromisso de fornecer uma qualidade de vida mínima para sua população. Além disso, a reprodução da pobreza e da desigualdade sócio espacial, afeta a sociedade como um todo, uma vez que se tornam crescentes os conflitos sociais e principalmente a violência urbana. A partir dessa discussão, o município periférico de Francisco Morato passa então a ser o foco principal da pesquisa, que mostrará como o processo de empobrecimento e periferização afetam esse Município de 155 mil habitantes, crescente e desordenado, situado na região noroeste da Grande São Paulo. A intenção é ter Francisco Morato como exemplo do que acontece em diversos outros municípios empobrecidos da Região Metropolitana de São Paulo. Francisco Morato é formado em grande parte por loteamentos de baixa renda, sendo um grande número deles irregulares. A cidade em geral é carente de diversas infra-estruturas, equipamentos urbanos, serviços e projetos sociais. Nesta pesquisa, partimos do princípio que o modelo de urbanização atual tornou-se social e ambientalmente inviável para o desenvolvimento sócio-econômico e ambiental, uma vez que o aumento da pobreza urbana prejudica o desenvolvimento da cidade, pois proporciona diversos tipos de problemas ambientais e sociais, tais como ocupação de áreas impróprias, desmatamentos, aumento da exclusão, da violência e geração de mais pobreza a partir da reprodução das relações sociais. Esses problemas atingem toda a sociedade e devem ter seus efeitos considerados ao longo prazo. Trata-se da formação social, do indivíduo que estamos produzindo, inserido num contexto onde as desigualdades sociais, as indiferenças e a violência são crescentes. Para as prefeituras das periferias empobrecidas, os problemas sócio-ambientais tornam-se um desafio cada vez maior, uma vez que essas instituições são em muitos casos carentes de instrumentos de gestão e recursos técnicos e financeiros. Essa é a realidade de Francisco Morato e de outros municípios de baixa renda. O Objetivo principal do trabalho é levantar os impactos causados, pelo aumento da pobreza urbana, no meio físico e social das cidades, tendo Francisco Morato como exemplo. Tentamos jogar luzes sobre a questão da reprodução dos espaços de pobreza, e entender se a partir da dinâmica capitalista excludente, aliada à ineficácia de políticas públicas, estamos criando uma sociedade mais desiquilibrada socialmente, mais violenta e mais subdesenvolvida. Talvez o resultado dessa pesquisa possa ajudar na formulação de políticas públicas sociais mais eficazes no combate à pobreza e à exclusão no município de Francisco Morato e em outros locais com situação semelhante.

ABNT:

CHAGAS, Cassiele Arantes de Moraes; MOREIRA, Antonio Claudio Moreira Lima e. A periferização da pobreza e a degradação sócio-ambiental na Região Metropolitana de São Paulo, o caso de Francisco Morato. 2007.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2007. Disponível em: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/16/16139/tde-19032009-152622/