ACESSAR O MATERIAL TAGS

Baixa Renda

Autor(a):

Lozano, Márcia da Silva

Orientador(a):

Mucci, José Luiz Negrão

Ano de publicação:

2003

Unidade USP:

Faculdade de Saúde Pública [FSP]

Assuntos:

educação ambiental; ensino; escolas; setor público; pobreza; pesquisa qualitativa

Resumo:

Objetivo. O agravamento da crise sócio-ambiental na Região Metropolitana de São Paulo tornou imprescindível e urgente a inserção da Educação Ambiental no ensino formal, a qual conta com suporte legal em nível federal e estadual. Este estudo teve como objetivo investigar e analisar a aplicação dos conceitos da Educação Ambiental em uma escola da rede pública estadual de ensino, que atende à população de baixa renda e é moradora próxima à Área de Proteção aos Mananciais no Município de Santo André. Método. Considerando a característica interdisciplinar da Educação Ambiental, optou-se pela metodologia utilizada na pesquisa social qualitativa. Participaram da Pesquisa alunos de uma sala da 5ª série, professores, vice-diretora e diretora. Resultados. A ausência de capacitação de professores faz com que persista a confusão conceitual em torno da Educação Ambiental. Na maioria das vezes, a questão é abordada somente quando ocorre uma situação de urgência ou quando o tema apresenta interface com uma disciplina específica. A transmissão de conhecimento, ainda, é a prática educativa predominante. Não há articulação entre os professores. A comunidade é ausente. Conclusão. Para que a Educação Ambiental seja desenvolvida conforme os seus pressupostos, é necessário o fortalecimento da relação comunidade/escola e a ampliação do processo de capacitação de professores.

ABNT:

LOZANO, Márcia da Silva; MUCCI, José Luiz Negrão. A Educação ambiental em uma escola do Município de Santo André: análise situacional 2003.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2003.