ACESSAR O MATERIAL TAGS

Habitação Popular

Autor(a):

Nunes, Evaldo Grasso

Orientador(a):

Zmitrowicz, Witold

Ano de publicação:

2010

Unidade USP:

Escola Politécnica [EP]

Assuntos:

habitação popular; autoconstrução; zoneamento urbano; código de obras

Palavras-chave do autor:

autoconstrução;código de obras;habitação popular;zoneamento urbano

Resumo:

As cidades do mundo, atualmente, abrigam mais da metade da população do planeta. A cidade de São Paulo possui a maior população urbana do continente sul americano, e está entre as cinco maiores cidades do mundo. A fim de organizar o espaço urbano com vistas ao desenvolvimento e controlar a construção das edificações para que mantenham condições aceitáveis de habitabilidade e segurança para si e para o seu entorno, a cidade de São Paulo vem criando leis urbanas, como Zoneamento de 1972 e de 2004, com o objetivo de ordenar o uso e a ocupação do solo, e os Códigos de Obras, como os de 1934, 1975 e 1992, que fixaram os parâmetros de construção das edificações. No entanto, grande parte de sua população constrói suas moradias de forma irregular ou clandestina, sem levar em conta as regras urbanas impostas por essas leis. Este trabalho irá investigar as causas dessa informalidade, em especial as habitações produzidas pela população de mais baixo poder aquisitivo, e procurará trazer soluções para o problema.

ABNT:

NUNES, Evaldo Grasso; ZMITROWICZ, Witold. A cidade real e a legal na cidade de São Paulo: as tipologias das construções informais no provimento autônomo de habitações populares na região pertencente aos distritos de Casa Verde, Limão e Vila Nova Cachoeirinha. 2010.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3146/tde-29032017-081243/pt-br.php >.